quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Imã Social


Me sinto como diversos
Pássaros Voando sem rumo.
Então arrumo e me sento , e vôou.

Não sei aonde
Nem donde
Nem pronde

Mas sigo ao norte,
Que é pra onde
aponta aponte forte.

Autor: Kelvin Rodrigues

2 comentários:

Gabriela Marques disse...

Levantar a cabeça e seguir em frente, sempre rumo ao Norte.
Este teus versos se encaixam com meu último post.Gostei demais!
Beijo doce, ótima semana.

Poeta da Colina disse...

Um como, o para onde se constrói.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...